4 de nov de 2011

ALHEIO A TUDO

não gosto
de ficar alheio
não gosto
de me sentir
inerte
não gosto de ficar
parado
olhando
gosto
de fazer
de me sentir
útil
nunca fui
de esperar
nunca trai
a mim
mesmo
não gosto
de olhar
gosto
de fazer
gosto
de sentir
de fazer valer