4 de out de 2011

TUDO

tudo o que a gente viveu
e escondeu em nossos baús
tanta vida
tanta sombra
tantas coisas
tudo tão grande e tão pouco
tão louco e absurdo
nossas cartas
este amor
estes laços
tantas coisas
as mãos sempre dadas
o sorriso estampado no rosto
no peito o coração
explodindo
e nossas memórias
cada vez mais cheia
de nós
nossas vidas
nossa história
tantas coisas
tanta vida