23 de out de 2011

TARDE

tarde
de chuva fria
o céu
cobriu-se
de cinza
ainda faz calor
crianças
brincam na chuva
tarde
as roupas
não foram recolhidas
estão ainda
mais molhadas
tarde
devagar
as ruas
vazias
agora o céu
sem as pipas
agora
nessa tarde
janelas respingadas
fechadas
tarde
nenhuma palavra nova
as luzes
da minha sala
apagadas
copos na mesa
meus movimentos
lentos
meus pensamentos adormecidos
minha mãos
nessa tarde
cansadas
tarde
e a chuva
cai lentamente
de um céu agora azul