2 de out de 2011

SUICÍDIO

PENSO
AGORA
PENSO EM TUDO
NOS CAMINHOS
NAS DERROTAS
NAS GLÓRIAS
PENSO
EM DEUS
PENSO
NOS AMIGOS
NA FAMÍLIA
PENSO
NO SILÊNCIO
OLHO
A NOITE
VIVA DA MINHA
JANELAS
SEM VIDROS
OLHO
MEUS PULSOS
CORTADOS
PENSO
NA DOR QUE JÁ NÃO SINTO
PENSO NA
FÉ QUE JÁ NÃO TENHO
VOU PERDENDO
A RAIVA
O MEDO
A NOITE VAI TOMANDO
CONTA DE MIM
FECHANDO MEUS OLHOS
ME FAZENDO
DORMIR
O SANGUE AINDA ESCORRE
JÁ NÃO ME IMPORTO
MAIS
JÁ NÃO PENSO
MAIS
SÓ DA NOITE
E AGORA
EM MIM
SÓ O SILÊNCIO FRIO
DA MORTE