22 de out de 2011

SOLIDARIEDADE

Pegue
Segura minha mão
Não quero nada
Apenas
De novo
De deixar em pé
Te fazer andar
De deixar em paz
Pegue
Beba sempre
Do meu sorriso
Encante-se sempre
Da minha alegria
Porque não quero nada
Apenas
Te ver
Seguindo
Apenas te ver
Vivendo a vida
E remando sempre
Em frente na sua maré
Pegue
Segura minha mão
Te quero apenas vivo