23 de out de 2011

SOFREDOR

poderia eu
sofredor que sou
fingidor que sou
estar diante do mar
quando eu quiser
.
poderia eu
o mais infame
dos poetas
amar além do amor
que existe em mim
e eu amo
e poderia sim
amar mais
se não fosse esse medo
que ficou
ainda do amor
que não passou
.
poderia eu
dizer que não sinto
mentiria
de vez a dor
que sinto
e já não sinto mais