1 de out de 2011

SEM PENSAR EM NADA

vou fazer
a barba
vou tomar
um banho
vou colocar
o chinelo
vou deitar
no sofá
vou esquecer
o que ficou
vou
beber água
vou dar um volta
na esquina
vou sentar
no banco
da praça
vou ler jornal
sem compromisso
vou ler gibi
vou assistir
desenho
vou comer pipoca
vou cochilar
a tarde
vou escutar
música
vou estender
a rede
vou ficar
no marasmo
na preguiça
amanhã
vou cortar
os cabelos
ficar de bermuda
o dia inteiro
não vou querer
nada que me aborreça
nada que me tire a paz