20 de out de 2011

PRA QUE TANTO AMOR

pra que tanto amor
o amor
já não vale nada
não vale a pena
faz coração
sofrer
escraviza
aprisiona
vicia
pra que tanto amor
o amor
não compensa
é estupido
sarcástico
gosta de ver
a alma se contorcendo
esperando
se acabando
pra que tanto amor
o amor
condena
sem apelação
sem julgamento
sem compaixão
o amor
não tem dó
nem piedade
nem culpa
arrependimento
pra que tanto amor