"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

20 de out de 2011

PRA QUE TANTO AMOR

pra que tanto amor
o amor
já não vale nada
não vale a pena
faz coração
sofrer
escraviza
aprisiona
vicia
pra que tanto amor
o amor
não compensa
é estupido
sarcástico
gosta de ver
a alma se contorcendo
esperando
se acabando
pra que tanto amor
o amor
condena
sem apelação
sem julgamento
sem compaixão
o amor
não tem dó
nem piedade
nem culpa
arrependimento
pra que tanto amor