4 de out de 2011

PIÉGAS

que seja assim
ridículo esse amor
que me importa...
quero mais é amar
amar
assim
deliberadamente
sem medo
e se for piegas
que seja...
quero as noites
enluaradas
quero beber minhas paixões
viver minha vida
gritar
e daí, que me importa...
o que me importa
sim é amar
e se for ridículo
que seja...