21 de out de 2011

PARCERIA

Tenho como amante
A poesia
A noite
A solidão
Com elas fiz parceria
São elas Que me dão
Inspiração
São elas
A culpada
De tudo o que sinto
E as palavras
Que às vezes
Entre soluços
Escrevo
Tenho como
Dor
A dor que não esqueço
Dor que ainda dói em mim
De todas
A que eu não quero
Fechei-me em mim
Pra ver cada vez mais
A noite, a solidão e essa
Dor que dói em mim