21 de out de 2011

NUVEM

Antes
Na minha infância
Eu deitava
Olhando
As nuvens
E fazendo delas
Bichinhos
Da minha imaginação
Antes
Eu tinha a inocência
Das crianças
Hoje
Olho para as nuvens
Deste mesmo céu
E não vejo mais
Bichinhos
Olho
Apenas para saber
Se poderá chover
E estragar
Meu dia
Antes havia em mim maldade
Hoje apenas a verdade