23 de out de 2011

NTEIRA

me dou
por inteira
sinto
de verdade
o que sinto
não finjo
.
me rasgo
me desbrodo
para convencer
para deixar
meu sorriso plantado
na doce relva
de todo despertar
.
me dou
por inteira
para o sol
para a vida
para todos aqueles
merecem
o melhor de mim
.
me dou
de alma e coração
para o dia
e para a doce
noite
que cai sobre mim
.
me dou
inteira
para que nada de mim
se perca