"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

23 de out de 2011

NÃO POSSO

não posso
abraçar o mundo
nem posso mais
vestir-me de sonhos
fantasiar-me
e sair por aí
as pessoas não entenderiam
não posso
fingir
que não dói
em mim
nenhuma dor
há dor demais
em meu peito
e não há ninguém
que escute os meus lamentos
nem o vento
nem as sombras
dessa noite maldita
não posso mais
esconder-me
sempre me acham
sempre me chamam
sempre me machucam
logo eu
que me disfarço
de flores
logo eu que bebo
cada gota do silêncio
não posso mais
falar o que sinto
se falo
logo em mim
as lágrimas rolam
não posso mais
sonhar
a realidade é cruel demais