23 de out de 2011

NÃO PARA DE CHOVER

não para
de chover
mesmo assim
olho para o céu
e vejo o sol
o sol
me aquece
como sempre
aqueceu
o sol
está em mim
radiante
como sempre
não para de chover
e em mim
sempre
a beleza e a grandeza
do sol
do sol de sempre
do sol
de todos os dias
mesmo
que a chuva
não cesse
mesmo que nunca
mais pare de chover
sempre
haverá sol
em meu mundo de poesias
haverá sempre
a beleza
mesmo que a beleza
se esconda
sempre
o mesmo sol
de sempre