"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

23 de out de 2011

NÃO ESPERO MAIS

não espero mais
que me sigam
nem que gostem de mim
não espero aplausos
nem que percam
tempo
ouvindo o que não tenho
para dizer
não digo
escrevo
deixo meu coração
em luto
e luto contra mim
quando o desespero
me bate
quando as palavras
chegam a salivar
em minha boca
e me calo
não espero mais
que leiam
os versos
que escrevo
não sou poeta
nunca fui
meus versos não têm rima
meus versos
não dizem nada
eu não falo nada
não espero mais
sigo em paz
até o fim dos meus dias
escrevo
meu silêncio
nos pedaços de papéis
manchados de sangue
de lágrimas