23 de out de 2011

MEU SENTIR

meu sentir
é meu
é livre
não depende de nada
nem de afagos
nem de sorrisos
meu sentir
é meu
é pássaro
que voa
sem pressa
de chegar
é criança
que se esconde
com medo de apanhar
meu sentir
não depende
de nada
de afago
de malícia
é livre
perfume jogado no ar
perfume
que se espalha
meu sentir
é espelho
refletindo meu eu
apenas
para minha alma
livre de tudo
cheio de nada
é meu
para mim basta