22 de out de 2011

MAGIA

A magia
Dos teus olhos
Mergulhado nos meus olhos
Todas as incertezas
Que me vem
E vão
Nos lampejos de um instante
Dos teus olhos
Nos meus olhos
E meu coração
Tremendo
E eu por dentro
Me contorcendo
E não me dizes nada
E não me falas
Nada
E deixa assim
Tua magia
Lançada sobre mim
E teus olhos
Ainda que em silêncio
Falando aos meus olhos
Do que sentes
E eu sedento da magia dos teus olhos