23 de out de 2011

LUZ

eu preciso
de luz
beber luz
nadar luz
preciso
de qualquer luz
a qualquer hora
em qualquer lugar
me encher de luz
me fartar de luz
não sei
viver na escuridão
de um dia
tenho medo
da escuridão da noite
medo dos pesadelos
que possa vir a ter
preciso
de luz
um feixe
não posso imaginar
meu olhos
sem a claridade
que me faz viver
que faz com que me sinta vivo
preciso
de luz
beber luz
nadar na luz
que me guia
que me dá vida
um feixe de luz
para que nunca mais
mergulhe na escuridão
de mim