21 de out de 2011

LACÔNICO

Não gasto
Palavras
Que gosto
Não jogo fora
O que penso
Me guardo
Me calo
Mais penso
Não digo
Se digo,
Cada sílaba
Tem importância
Não cuspo
Nas entranhas
Nem fico por ai
Jogando
Palavras
Arremessando
Contra os muros
O que penso
Fico calado
Restrito a mim
E ao que penso
Calado, cismado, lacônico