23 de out de 2011

HOJE

hoje
sinto o vento
que não sentia
hoje
tenho
ainda mais
amor
do que eu tinha
hoje
exercito
o livre direito
de poder sorrir
e sei de verdade
quem gosta de mim
hoje
posso sair
de noite
sem medo
posso ver as estrelas
do céu negro
ver os carros
que passam por mim
hoje
sei que meu ontem
valeu à pena
sei que aprendi
hoje
quero esse bem estar
e pessoas que gostam de mim
e me querem bem
hoje
sinto a vida
fervendo
no vento quente
de várias noites
de verão