25 de out de 2011

ESCOLHAS

tudo
são escolhas
caminhos
amores
sua própria vida
tudo
são ventos
de instantes
que sopram
mostrando a direção
para onde se deve ir
para onde aponta
com certeza
o coração
tudo
são escolhas
parar ou continuar
manter os olhos abertos
ou deixar os olhos fechados
estender
as mãos
ou cruzar os braços
amar
e amar
tudo são escolhas
para onde seguir
curar
ou deixar que as feridas
da alma
aumentem
se fechar para o mundo
ou perdoar
você
é e sempre será
reflexo
das suas escolhas