23 de out de 2011

CHORO

choro
choro sozinha
no silêncio
do meu quarto
choro
minhas tristezas
meus medos
minha solidão
porque mesmo estando
rodeada
de pessoas
sinto-me triste
e choro
choro no silêncio
da noite
quando ninguém pode
escutar-me
abraçada aos meus joelhos
ah eu choro
choro
por ver em mim
tanta coisa errada
e eu nem sei
onde foi
que eu errei
choro a dor da saudade
de quem nunca mais
voltará
choro de medo
do medo
de não entender
e não me entenderem
também
choro no silêncio de mim
e escondo
minhas lágrimas
dentro do meu