"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

23 de out de 2011

AMARGA

ah
quão amarga
é a vida
quanto
desespero
há agora
em mim
não quero voar
não quero crescer
quero ainda
poder brincar
fingir
enquanto puder
ah
quão doce
é a vida que tenho
vida despreocupada
vida sem ponteiros
não quero
que nada seja diferente
do que é
quero que seja assim
um carrossel iluminado
nas minhas noites
quero sempre o céu
um manto azulado
ah
eu sei
agora sei
quão amarga é a vida
quantos compromissos
a vida
nos dá
não dá
para ficar parado
não dá mais
para brincar
de ser criança
em meu pulso
corre os segundos
da minha vida