23 de out de 2011

AGORA

agora
diante de tudo
ainda mais
deixo de verdade
a vida me levar
tentei
levar a vida
pelos meus caminhos
a vida
relutou
resistiu
pegou em minhas
mãos
agora ainda
cansadas
e me levou
pelos seus caminhos
agora
não cuido mais
da vida
deixo a vida
cuidar de mim
vou por onde ela
me levar
vou de mãos dadas
para não me perder
e querer voltar
agora
depois que tudo passou
sinto-me mais leve
renascido na minha própria velhice