22 de set de 2011

VELHA FORMA

Devagar
Em passos lentos
Volto
A caminhar
A respirar
A me sentir
De novo vivo
Devagar
Em passos
Ainda tortos
Volto
A ser
Quem sempre fui
Volto
A minha velha
Forma
De ver
Tudo
De um jeito
Meu
Devagar
Volto
A ariscar
Poemas
E poesias
E a cantar
As velhas
Canções
De sempre
Devagar
Volta meu sol
A brilha
Volto de novo
A cuidar
Do meu jardim
De flores não minhas...