21 de set de 2011

UM POUCO DE MIM

goste
um pouco
de mim
ou quase
nada
me queria
bem
um pouco
ao menos
goste
dos meus cabelos
goste
do meu jeito
de falar
goste
um pouco
do beijo
e do abraço
goste
um pouco
deste amor
desvairado
goste
um pouco
de mim
deste meu mundo
de abusrdos
goste
um pouco
de poesia
e da música
que canto
goste
um pouco
do improvável
cultive em seu jardim
as flores
do impossível
goste
um pouco de mim
ou quase nada