25 de set de 2011

TENHO MEDO

tenho
medo
de não saber
amar
tenho
medo
de esquecer
como
é bom ser feliz
tenho
de não me lembrar
amanhã
o que eu já vivi
tenho
medo
de acordar
amanhã
e ver todos os papéis
rasgados
fotos queimadas
e eu
sem a memória
dos momentos
felizes
tenho medo
de não saber
mais
como se ama