13 de set de 2011

SOU ASSIM

SOU ASSIM,
CHEIO DE DORES
E RESSENTIMENTOS...
NÃO GOSTO DE CARINHO
CHEIO DE DEDOS...
NÃO GOSTO DE RITUAIS
E PALAVRAS ENSAIADAS...
OU É LUZ
OU É ESCURIDÃO...
NÃO SEI QUAL
O MEIO TERMO DE NADA...
QUERO MAIS
É QUE NÃO GOSTEM DE MIM,
QUE FALEM MAL
DAS MINHAS UNHAS,
DOS MEUS CABELOS,
DOS MEUS DENTES TORTOS...
SOU TÃO SOCIAL
QUANTO ANTI-SOCIAL...
SOU NOITE DE SOL
E DIA DE LUA CHEIA...
ÀS VEZES ME DOOU,
AS VEZES ME FECHO...
SOU OSTRA SEM PÉROLA...
SOU LOUCO SOLTO POR AI...