4 de set de 2011

SEU BRINQUEDO


deixa eu ser
teu brinquedo
me faz por
um momentoe
esquecer
minhas dores
e meus tormento
deixa-me repousar
em teus braços
deixa eu
ficar em silêncio
não quero
roubar tua paz
nem ser
navalha em tua pele
quero
ser o mar
teu vento
sempre a te empurrar
para frente
deixa eu ser
teu brinquedo
sei tudo
sobre ti
e tu sabes
tudo sobre mim
nada além
de nós mesmos
apenas
de peito aberto
curtindo nosso momento