22 de set de 2011

RASGA-ME

Rasga-me
O silêncio
Faz-me falar
De tudo
O que sinto
Grita meus nomes
Chama por mim
Socorre
Minha alma
Rasga-me
A pele
Encha
Minha boca
Com teu ar
Chupa
Minha língua
Morde
Meus lábios
Me faz sentir
A dor
Faz com que ainda
Me sinta
Vivo
Rompa meu silêncio
Sacode
Meu corpo
Abra as janelas
As portas
Arranca-me
Desse precipício
Faz-me de novo
viver