12 de set de 2011

NÃO SOU


não sou
vaidoso
mas tenho vaidades
não sou
covarde
só não tenho coragem
não sou
mais criança
só um coração carente
não sou
ingênuo
mas a maldade
não me cega
não sou
humano
sou poeta
faço meu caminho
minhas diretrizes
não sou
profeta
mas conheço
meu amanhã
não sou feito
de sonhos
sou feito
das ranhuras
das rasuras
dos erros de alguém
não sou anjo
sou rascunho
de mim
sem nome
sem origem
não sou
ninguém
sou apenas eu por mim