21 de set de 2011

NÃO HÁ MAL EM SOFRER


Sofro
Não há mal
Em sofrer
Nem mal
Em amar
E não ser amado
Isso me faz
Poeta
Isso me faz
Vivo
Sofro
Pelos amores
Que perdi
Sem ter vivido
Sofro
Pelas paixões
Vazias
Que findaram
Sem um fim
De tarde
Sequer
Sofro
Pelas poesias
Que o vento
Não levou
Sofro
Porque meu coração
Ainda pulsa
E bate incansável
Em meu peito