"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

22 de set de 2011

NÃO ACORDAR

Às vezes
Eu queria
Não acordar
Queria
Que a noite
Se fizesse
Eterna
Ou mais longa
Do que o normal
Queria
Que os sonhos
Se tornassem
Verdade
Queria
Ter a certeza
Que Deus
Olha para mim
Por mim
Às vezes
Eu queria
Sumir
Na estrada
Sair em disparada
E me largar
Num lugar qualquer
Às vezes
E quantas
Vezes eu não queria
Ser mais eu
Eu queria
Evaporar
Sem deixar
Nada de mim