12 de set de 2011

MUITO DE MIM

há muito
de mim
em tudo
o que faço
no amor
que sinto
em todos os meus
passos
há muito
de mim
nas minhas verdades
e nas minhas
mentiras
nos meus atos
de desespero
nos meus gritos
abafados
há muito de mim
no meu tempo
que passou
nas minhas cicatrizes
há muito de mim
em tudo
o que amei
e me dei
e sorri
muito de mim
nas paredes rabiscadas
nas calçadas
nas tantas e tantas madrugadas
há muito de mim
em tudo
o que um dia
passou por mim