22 de set de 2011

JUVENTUDE

Não tenho
Mais
A idade
Dos que podem
A idade
Dos impetuosos
Já não
Permito-me
Ousar
Já não
Permito-me
Querer
Alçar
Os mesmos
Vôos
Não tenho
Mais
A idade
Dessa juventude
Alucinada
Que faz tudo
Por nada
Não tenho
Mais a coragem
Dos tolos
Minha coragem
Se esconde
Atrás
Da minha ânsia
De não querer mais