21 de set de 2011

FALA COMIGO

Teu silêncio
Me machuca
Odeio
Quando
Se cala
Odeio
Quando me dá
As costas
Morro
Quando não me olhas
Na mesa
Há tanto tempo
Posta
Teu silêncio
Me incomoda
Preciso
Saber
O que sente
O que pensa
O que há em ti
Que te incomoda
Olha
Pra mim
Dê-me a mão
Deixa
Eu sentir
Teu perfume
Tua voz
Fala comigo
Briga comigo
Mas não cala tua voz