22 de set de 2011

ESCREVER PRA TI

Deixa-me
Escrever para ti
Sem pretensão
Só para
Viver
Para que me sinta
Vivo
Deixa-me
Às vezes
Escutar
Tua voz
E ver teu riso
Basta-me
Para que me sinta
Vivo
Deixa-me
Olhar
Para ti
Sem maldade
Deixa
Eu escrever
O que sinto
Não quero nada
Apenas
Respirar
E me inspirar
Nesta
Tua beleza
Que aquece
Minha alma
Deixa-me
Escrever para ti
Nos meus momentos
De lucidez
Sem dizer
Nada
Sem querer nada
De ti
Apenas teus olhos
E teus pensamentos