21 de set de 2011

ENLOUQUECIDO

ando
enlouquecido
desenhando
frases
esculpindo
poesia
há poesia
em tudo
o que vejo
a um querer
incontrolável
um desejo
um sentir
ando
por aí
no meu deserto
nada
que me faça parar
nada
que não me faça
querer
eu sei
eu sinto
o que virá
todas as certezas
ainda
que esparças
ando
por ai
meio que calado
sofrendo
uma dor
que não é minha
e me faz bem
ando
enlouquecido
querendo
cada vez mais
enlouquecer