"Se procura prazer, poderá encontrar aqui as suas mais diversas formas. Há quem procure palavras, há quem procure belas imagens, há os curiosos, os que admiram minha maneira de escrever. Uns julgam erótico. Outros julgam ser sensual e uns apenas lêem as palavras aqui escritas. Isso é algo que não cabe a mim julgar. Sei das minhas intenções... Sei do meu amor pela poesia... Sei da minha infinita sede de escrever..."
SEJA BEM VINDO - 9 ANOS DE POESIA! ! !

FÃS DE CARTEIRINHA

22 de set de 2011

APRISIONASTES MINHA ALMA

Liberta-me
Deixa-me
Ir
Não posso ficar
Aprisionado
Em ti
Em teu corpo
Em tuas sensações
Aprisionaste
Minha alma
Já não sei mais
Voar
Já não sei
Mais
Buscar
Outro pouso
Deixa-me ir
Liberta-me
Para que possa
De novo
Voltar a viver
Tomastes
Conta
Do meu corpo
E dos meus desejos
Aprisionastes
Minha lma
Roubastes
De mim
O direito
De ser feliz
Sem tua presence
Aprisionaste minha alma
Te peço
Liberta-me