3 de ago de 2011

VOCÊ FOI

você foi
um dia
a amiga
que conhecei
ter
você foi
um dia
aquela
que um dia
eu pude
chamar
você foi
a certeza
a esperança
o riso
solto
a verdade exposta
você foi
quantas vezes
solidaria
quando doía
em mim
tantas dores
você foi
amiga
tantas vezes
quando
as horas
me corroiam
e aplaudia
cada degrau
que eu subia
você foi
e a luz
e a primeira
que me empurrou
ladeira
a abaixo
aquela que cuspiu
que julgou
que falou
verdades
escarradas
você foi
as trevas
a escuridão
dos demônios
o pior
você foi
o pesadelo
a dor
a discordia
a ira
você foi
a distância
o lado negro
de mim