3 de ago de 2011

TUDO UM DIA MORRE

tudo um dia morre
desejos
flores
pessoas
gente
como eu
livros
poesias
rascunhos
paredes pixadas
dor
felicidade
instantes
saudades
tudo um dia morre
felicidade
alegria
solidão
incompreensão
destino
leis
regras
contravenção

apego
desapego
sossego
paz
tudo morre um dia
velhos
crianças
meninas
pássaros
plantas
árvores
cancêr
ódio
raiva
rancor
tudo morre um dia
e some
para que tudo
um dia
nasça
de novo
melhor
ou pior ainda