8 de ago de 2011

MURO DAS LAMENTAÇÕES

eu não fico
chorando
resmungando
falando
do que sinto
falando
dos meus problemas
quem se importa
eu não
fico
enchendo
o ouvido
do mundo
com minhas histórias
que culpa
tem
o mundo
do destino
que escolhi
que culpa
tem as pessoas
das merdas
que faço
cada um que cuide
do que é seu
sem ficar procurando
ombros
alheios
sem ficar
tirando a paz
problemas
já bastam
os meus
dor já basta a minha