19 de jul de 2011

VIVO

vivo
em função
de mim
dos meus sonhos
dos meus planos
vivo
em função
do que acredito
em função
da minha fé
não vivo
com medo
nem vivo
falando
à toa
eu ainda
falo muito
e escuto pouco
vivo
em função
de um bem maior
em função
do amor
que sinto
vivo
em função
do que acredito
o que me importa
que dor
é a tua
que importa
é que dor
é a minha