26 de jul de 2011

TEM HORAS

tem horas
que desejo
apenas
ficar morto
tem horas
que não quero
ver
e nem falar com
ninguém
e não escutar
nenhuma
voz
tem horas
que desejo
que tudo
isso acabe
que tudo isso
tenha fim
e me vem
enfim o medo
tem horas
que quero apenas
chorar
e deixar que tudo isso
escorra
para fora de mim
queria
apenas voar
e esquecer
e voltar
quando tudo já
tivesse passado