12 de jul de 2011

AINDA

teu gosto
ainda
está em mim
teu cheiro
impregnado
na minha roupa
tua
imagem
viva
em minha mente
devagar
vou limpando
minha alma
aos poucos
vou me desintoxicando
de ti
como vício
aos poucos
vou devagar
esquecendo
tudo
o que vivemos
e tudo
o que passamos
será melhor
para mim
será
enfim
um ponto
final em tudo