24 de mai de 2011

QUANTO MAIS

quanto
mais
fala
quanto
mais
tenta
mostrar-me
o caminho
mais
me perco
quanto
mais
insisti
em falar
de amor
mais
descrente
do amor
fico
quanto
mais fala
mais aumenta
o silêncio
e a distância
quanto
mais
procura
mais não me acha
e aos poucos
tudo morre
ainda mais
porque tudo
um dia
morre
porque todas
as flores
um dia secam
quanto
mais
fala
mais me calo