5 de abr de 2011

“Voz da razão”

Pra te esquecer
Tive
Que me esquecer
Era
Me olhar
No espelho
E te
Ver refletida
Precisei
Ouvir
A voz
Da razão
Que gritava
Enlouquecida
Para que eu vivesse
Minha vida
E te esquecesse
E parasse
De sofrer
Por esse amor
Sem sentido
Pra te esquecer
Pedi
A Deus
E Deus
Calou tua voz
Para sempre
A voz da razão
A voz rouca de Deus