1 de abr de 2011

“Sozinha minha”

Mesmo
Quando
Dói
Em ti
A solidão
Não te entristeças
És minha
Não te sintas

Não deixe
Que doa
Em ti
Nenhuma dor
Mesmo
Sozinha
Minha vida
Segue
A tua
Meu pensamento
É teu
Deixe
Meu amor
Te invadir
Deixa
Eu mesmo
Distante
Tomar conta de ti
Sozinha minha
Minha querida