5 de abr de 2011

“Amiga”

És minha
Amiga
Me entendes
E não me cobras
Me surpreende
Sempre
Com o sorriso
De sempre
Me suporta
Mesmo
Quando há em
Mim
Revolta
És minha
Amiga
De todas
A predileta
Sabes
De mim
Bem mais
Que eu
E me amas
Sem querer
Nada em troca
É leal
É amor
És amiga
Agora
Até o fim da vida