16 de mar de 2011

Vivo
Com palavras
Eu
As bebo
Eu as digiro
Eu as escrevo
Querem
Cercear
Meu direito
De resposta
Querem
Modelar
Meu jeito
Íntimo
De escrever
Querer
Me obrigar
A pensar
E a sentir
De um jeito
Que não é meu
Eu
Sou feito
De palavras
De todas elas
Inteiras
Ou resumidas
Não posso
Deixar
Que norteiem
Meu destino